Tuesday, October 03, 2006

Técnico de Edificações destaca-se na construção civil

Saber fazer é o diferencial do técnico em edificação.

Precisa-se de técnico de edificação. Mais do que engenheiros e arquitetos é justamente esse profissional que está entre os mais procurados pelo mercado da construção civil em Belo Horizonte. E o que exatamente ele faz?

O Coordenador do curso de técnico de edificações do Centro Federal de Ensino Tecnológica (Cefet), professor Wellington Luiz Borges conta que o técnico em edificação é o elo entre o engenheiro civil e os profissionais da execução. “Ele acompanha a construção e a boa execução da obra, faz o controle de qualidade e dá apoio ao engenheiro no desenvolvimento do projeto”, conta.

Segundo destaca, o técnico de edificação é um profissional importantíssimo para obra, porque é ele que avalia qualidade, tempo e custo. Ele explica, ainda, que existem dois tipos de profissional para este curso: aquele que trabalha no escritório com pranchetas, computadores e desenhos; e aquele que passa o dia todo na obra. Em ambos os casos, não existe restrição quanto ao sexo.

O curso de técnico em edificação pode ser feito no Cefet, com duração de quatro anos, nos horários diurnos (oito horas de aula) e noturno, de 19h00 as 22h30. O curso é gratuito e o aluno só tem que arcar com despesas pessoais e materiais didáticos, como pranchetas, que em breve não serão mais necessárias com a informatização do curso prevista para o segundo semestre deste ano.

Após a conclusão do curso, o técnico em edificação se registra profissionalmente no Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia (CREA), tendo as atribuições da profissão. O Cefet chega a formar três turmas por ano, com uma média de 120 alunos, oferecendo 80 vagas para o curso diurno e 40 para o noturno em cada processo de seleção.
O curso Técnico de Edificações refere-se a um ramo da construção civil que concentra estudos em áreas ligadas a projeto, construção e manutenção de obras civis ditas leves: prédios altos, residências e edificações urbanas e rurais. Tais serviços envolvem as fases de projeto e desenho, construção e acabamento da estrutura, instalações elétricas, hidro-sanitárias e especiais, patologia e tratamento de estruturas.

O Gerente de Relações Públicas e Marketing do Instituto de Arte e Projeto (INAP), Valdeci Ferreira, diz que o curso de Edificações, como curso técnico, já está a sete anos no mercado, mas o INAP oferece o curso como livre há 30 anos. “O INAP conta com a Central de Estágios para prospecção e inserção no mercado de trabalho e a grata recompensa é que hoje, alunos do INAP, têm uma grande aceitação e conseguem não só bons estágios remunerados como também bons empregos em empresas de ponta” conta.
Existe sempre a necessidade de especialização na área para que novas técnicas sejam apreendidas e com avanço tecnológico na área essa necessidade aumenta a cada ano. Uma situação que acontece é a do profissional buscar faculdades de Engenharia Civil com ênfase em projeto, mas acaba que seu interesse baseia-se mais no título do que no conhecimento, uma vez que nessa área de Edificações o aluno já sai preparado.
Dicas

Para os interessados em fazer o curso, as inscrições e datas do vestibular, que acontece uma vez por ano, são divulgadas no site do www.cefetmg.br . As vagas são ocupadas por aqueles com melhores classificações. Geralmente, esse curso tem grande demanda no mercado de trabalho. Várias empresas do segmento da construção civil em Minas Gerais procuram por estes profissionais e não há alunos o suficiente para atender aos pedidos com salários que podem chegar até R$ 1,4 mil.
No INAP não há processo seletivo, a matricula pode ser feita através do site www.inap.com.br, ou pelo telefone (31) 3273.3330. O curso tem duração de um ano e meio e o valor das mensalidades é de R$555, 00, mas o aluno pode optar por mensalidades de R$347,00 efetuando matrícula por disciplina.

A técnica Vanessa Ornelas Fernandes, 26 anos, optou pela profissão e fez o curso de técnico de edificações no Cefet por possuir atribuições similares ao curso de engenharia civil. “A princípio o retorno não foi o esperado, pois o mercado de trabalho na área da Construção Civil estava numa fase ruim, porém este momento foi superado e atualmente estou satisfeita com os resultados”, diz.
Após concluir o curso, ela passou no concurso público da Companhia de Saneamento de Água e Esgoto de Minas Gerais (Copasa), onde ocupa atualmente o cargo de Técnica de Operações de Rede de Água e Esgoto. Ela conta que já recebeu outras propostas de empresas particulares e não aceitou por não ter atendido as suas expectativas e por ter passado no concurso.

Já engenheira Rosânia Paula Ferreira , 44 anos, Gerente de Orçamentos da Construtora Uni, diz que as atividades exercidas pelo técnico em edificação são similares as atribuídas ao engenheiro civil, ou seja, ter conhecimentos técnicos para acompanhar e fiscalizar todos os serviços inerentes a construção civil, sejam elas nas áreas de orçamento e planejamento bem como no gerenciamento direto no canteiro de obra. “Vale ressaltar que apesar das atividades do engenheiro e do técnico serem similares, cabe ao engenheiro assumir todas as responsabilidades técnicas pelos projetos” , comenta.
Segundo Rosânia, os requisitos para a contratação do técnico são avaliados pelo dinamismo, e conhecimento técnico na área de construção civil.

Reportagem: Liliane Santos / Rosilene Desidério
Foto: Divulgação

6 Comments:

At 12:15 PM, Blogger Verônica said...

eii.! eu to qrendo fazer esse curso e to buscando informações. Gostei muito da forma com que vcs explicaram! vou procurar pesquisar maiis. beejO

 
At 11:46 AM, Blogger gisele said...

gostei da forma esclarecedora com que foi trago este assunto,de forma simples e obejtiva

 
At 11:01 AM, Blogger dilminha said...

muito grata pelas informações esclarecedoras onde em campinas ou região oerece este curso gratuito ...?

 
At 6:31 AM, Blogger Kébia said...

Gostei muito a forma que vcs falaram do curso! Eu faço edificaçoes no Cefet-CE e estou adorando!

 
At 6:32 AM, Blogger Kébia said...

This comment has been removed by the author.

 
At 3:11 PM, Blogger Ana Barbara said...

Oi,sou ana barbara
e faco edificacoes
na em uma das escolas profissional
em fortaleza,gostei mto de ter esclarecido
minhas duvidades
com essas informacoes.
Obrigado

 

Post a Comment

<< Home